Saudade…

30 09 2007

Viro-me e reviro-me. O sono não chega. Sinto saudades, não sei bem de quê. Sinto que estás próximo de mim. Mas é só isso, uma sensação. Por fim, sem qualquer resistência, adormeço. Quero segurar-te com toda a força do mundo, mas o mundo parece ter mais força. Exausto, deixo-te partir. E voas livremente. Como se o céu fosse só teu.

Advertisements




Apenas lágrimas…

22 09 2007

 

 

Gosto imenso de rir. Por isso, sinto-me feliz em ambientes alegres. Mas, há tristezas que são mais fortes. Ausências que são mais notadas. Lágrimas que são mais difíceis de segurar. São lágrimas e está tudo dito. Apenas lágrimas que deslizam cara abaixo. Serenas, serpenteando as curvas do rosto, como que um riacho correndo em direcção ao mar.





Amor e loucura…

19 09 2007

«Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura»

Nietzsche, Friedrich





O efeito dos “Jardins Zen” e o relaxamento que provoca

9 09 2007

jardim-zen.jpg

Há tempos, num jantar, falaram-me nos “Jardins Zen”. Na altura, desconhecia o que era. Fiquei apenas a saber que era uma criação japonesa, utilizada, sobretudo, para relaxamento. Inicialmente, associei, até, estes “Jardins Zen” aos “Tamagoshi” —  as pequenas criaturas electrónicas que comiam e dormiam como crianças e que, por vezes, morriam (embora pudessem ou possam ser “ressuscitadas”). Agora, depois de conhecer – porque acabei por comprar um —, acho uma experiência interessante e recomendo para aqueles que pretendam relaxar. Não sei explicar muito bem como é que funciona, mas garanto que tem um efeito interessante sobre nós.
Por outras palavras, se me pedissem, agora, uma definição de “Jardins Zen”, eu diria que é um espaço onde projectamos a nossa atenção e onde a nossa alma vagueia, sem direcção definida, sem um espaço em concreto, como se flutuasse no tempo, no espaço, no cosmos, bem longe daqui…





Pinceladas de palavras

2 09 2007

pintura.jpg

Palavras doces… Chocolates… Flores… Amor… Sentidos… Direcções… Vida…Morte… Esperança… Sorriso… Silêncio… Paz… Eternidade…