Estrelas que se apagam, estrelas especiais…

9 02 2008

Não me recordo de ter assistido a muitas estrelas cadentes. Talvez por isso registo esses momentos com alguma felicidade. Mas, e a propósito de estrelas cadentes, há dias assisti, sem querer, a uma. Sei que já vi muitas se apagarem no infinito do espaço. Mas esta, não sei porquê, interpretei o seu rasto de luz como que um último suspiro, antes de se apagar completamente no negrume da noite, na escuridão do céu. Aquela, eu tenho a certeza que era uma estrela especial. Porque ela parece ter brilhado, pela última vez, apenas para mim. Deixei-a partir entre as outras estrelas, mas registo aquele último brilho, aquela réstia de luz.


Actions

Information

One response

17 02 2008
Carol Barcellos

Nunca tive o prazer de ver uma. Um dia, pensei ter visto, mas não vi. Agora, fiquei a pensar: será que pensei que não vi, porque era tão diferente, mas na verdade vi? Bem, se vi e achei que não vi, perdi um presente e tanto…

Beijinhos doces cristalizados!!! :o)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




%d bloggers like this: